Conheça 8 maneiras de como aumentar a fertilidade!

7 de junho de 2020 Off Por Jornalista

Até que idade posso engravidar?

Saiba mais sobre go now aqui.

Saiba mais sobre browse around this site

Vamos conhecer o que são a Fertilidade.com.br/servicos/reproducao-humana/”>Reprodução humana, infertilidade e esterilidade e qual a diferença entre elas”, ressalta Dra. Suely Resende, especialista em reprodução humana e diretora do Fertility Medical Group- Unidade Campo Grande.

Nos homens, produzem espermatozoides com dificuldade de locomoção e com morfologia alterada. Isto não significa que não possam tê-los, apenas que necessitarão de tratamento médico ou talvez mais tempo para que consigam realizar o sonho da maternidade e da paternidade.

Neste caso, dependendo do esquema utilizado, há perda dos óvulos e alto risco de infertilidade. Uma mulher só consegue engravidar se tiver relações sexuais nos dias que antecederem à ovulação, e inclusive no dia da própria ovulação (quando o óvulo é liberado do ovário). Os 2 dias do pico de fertilidade de uma mulher, quando ela tem mais chances de engravidar, são o dia anterior ao da ovulação e o próprio dia da ovulação. O esperma, porém, pode sobreviver por vários dias, então ela também pode engravidar se tiver relações sexuais nos dias que antecedem seu pico de fertilidade. Uma mulher só pode engravidar se tiver relações sexuais nos dias que antecederem à ovulação, e inclusive no dia da própria ovulação (quando o óvulo é liberado do ovário).

A medida em que a mulher fica mais velha, os óvulos remanescentes também envelhecem, tornando-se menos capazes de serem fertilizados pelos espermatozoides. Além disso, a fertilização desses óvulos está associada com um risco maior de alterações genéticas.

Nas mulheres, o ato de fumar pode afetar a Fertilidade e desencadear uma menopausa precoce. Também pode aumentar o risco de aborto espontâneo e início precoce do trabalho de parto. Fumar é muito ruim para a saúde do bebê não nascido e é melhor parar de fumar antes de engravidar.

Há um aumento contínuo no risco desses problemas cromossômicos conforme a mulher envelhece. Quando os óvulos com problemas cromossômicos são fertilizados, eles têm uma possibilidade menor de sobreviver e crescer. Por essa razão, mulheres que estão acima dos 40 têm um risco aumentado de abortos espontâneos. Em comparação a não fumantes, homens fumantes têm uma contagem mais baixa de espermatozoides e um número mais alto de espermatozoides com anomalias.

A inseminação intra-uterina é indicada para o casal em que o homem tem uma alteração leve a moderada do sêmen. Também pode ser usada em casos em que não se encontra o fator da infertilidade (infertilidade sem causa aparente) ou quanda há alterações leves. A indução da ovulação é feita de maneira semelhante a relação sexual programada. No entanto, em vez da relação sexual propriamente dita, faz-se a injeção do sêmales processado dentro do útero da mulher, utilizando-se um catéter delicado.

  • A relação sexual programada é indicada para a mulher que tem problemas na ovulação.
  • A indução da ovulação é feita de maneira semelhante a relação sexual programada.
  • O processamento seminal tem como objetivo separar os espermatozóides com boa motilidade.
  • Também pode ser usada em casos em que não se encontra o fator da infertilidade (infertilidade sem causa aparente) ou quanda há alterações leves.
  • A inseminação intra-uterina é indicada para o casal em que o homem tem uma alteração leve a moderada do sêmales.
  • No entanto, em vez da relação sexual propriamente dita, faz-se a injeção do sêmen processado dentro do útero da mulher, utilizando-se um catéter delicado.

Fertilidade

Além disso, um casal é considerado fértil quando consegue a gravidez em um período de 12 meses, através de relações sexuais, sem uso de métodos contraceptivos. Nesse sentido, estudos mostram que aproximadamente 70% dos casais, sem problemas de fertilidade, engravidam nos primeiros 6 meses de tentativas, e 85% deles atingem a gravidez ao final de um ano. Quando isto não acontece, ou seja, quando o casal não engravida após um ano de tentativas, apresenta-se um quadro de infertilidade que deve ser investigada. De acordo com as causas da infertilidade masculina e ou feminina, médicos especialistas em reprodução humana podem avaliar qual o melhor tratamento. A conduta médica deve se basear na idade da mulher, no tempo de infertilidade, na ansiedade, na expectativa do casal e na disponibili- dade econômica.

Fertilidade é a capacidade natural de um indivíduo de produzir uma gravidez através do método natural da relação sexual. Para que um casal seja considerado fértil, é necessário que ambos os parceiros sejam férteis. Em linhas gerais, um casal fértil é aquele que consegue engravidar em um período de 12 meses (um ano), através de relações sexuais frequentes. “Hoje vamos falar sobre três aspectos que devem ser avaliados por homens e mulheres que estão em busca de engravidar, seja pela primeira vez ou para aumentar a família.

As mulheres que estão acima do peso podem ter uma gravidez desconfortável, além de possíveis problemas médicos, como hipertensão, pré-eclâmpsia e diabetes. Mulheres que estão abaixo do peso podem ter bebês com baixo peso ao nascer. Quanto mais em forma ela estiver, mais fáceis a gravidez e o parto, mas os exageros deverão ser evitados. Em relação à fertilidade, tanto a obesidade quanto o baixo peso podem ser prejudiciais.

Para esses casais, a introdução de terapias naturais ou complementares e algumas mudanças de hábitos podem trazer benefícios. O ideal é que a futura gestante tenha um peso adequado antes e durante a gravidez.

A idade interfere diretamente na fertilidade, principalmente na fertilidade feminina. Isso acontece devido ao fato de as mulheres já nascerem com uma quantidade limitada de óvulos que vão diminuindo em quantidade e qualidade ao passar dos anos.

Fertilidade

A partir dos 35 anos, a mulher entra em um período crítico, marcado pelo declínio da sua capacidade reprodutiva, e as chances de engravidar naturalmente caem significativamente. Além disso, com aumento da idade, cresce também a incidência de patologias ginecológicas, como a endometriose e os miomas uterinos que dificultam ainda mais as possibilidades de uma gravidez. Além disso, homens e mulheres que estão tentando engravidar também devem ter cautela em relação a bebidas alcoólicas. Pesquisas científicas observaram que o risco de inFertilidade.com.br/servicos/reproducao-humana/”>Reprodução humana aumenta entre as mulheres que consomem duas ou mais doses de bebidas alcoólicas por dia, podendo causar distúrbios da ovulação.

Fertilidade masculina: entenda!

Estatísticas demonstram que até 12% das causas de infertilidade são resultado do peso excessivo ou baixo. Mulheres obesas demoram até duas vezes mais tempo para engravidar em relação àquelas no peso adequado. Por outro lado, pacientes abaixo do peso regular podem levar até quatro vezes mais tempo. Pacientes com extremo baixo peso podem, inclusive, entrar em amenorreia hipotalâmica. A obesidade, além de alterações ovulatórias, leva a menor taxa de implantação e maior taxa de aborto.